A Clinica Equipe Infertilidade Tratamentos


Ovários Policísticos ou SOP

Existe alguma confusão quando se fala em ovários policísticos. É relativamente comum a mulher ir ao ultrasonografista e sair com o laudo de “ovários de aspectos policísticos” e essa informação deixá-la preocupada. Quando se visualiza os ovários no ultra-som pode-se ver presença de alguns folículos residuais que podem ser chamados erroneamente de cistos e daí a confusão. Presença de múltiplos folículos ou “pequenos cistos” nos ovários é encontrado em ¼ das mulheres ovulatórias normais e portanto não têm significado clínico. Entretanto, o diagnóstico de cisto pressupõe, de maneira incorreta, a necessidade de cirurgia, o que era realizado em um passado não muito distante.



Por outro lado, quando a mulher apresenta além de ovários policísticos outros sinais e sintomas como acne, presença de pelos abundantes, distúrbios menstruais (como atrasos menstruais freqüentes), ela pode ser portadora da Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP). Essas manifestações se devem principalmente à produção excessiva de androgênios pelos ovários. A presença de ciclos irregulares deve ser um alerta importante para a mulher procurar o ginecologista, pois é um indício que a mulher não está ovulando, o que não é normal. Muitas vezes é SOP. A SOP é hoje considerada uma patologia pluriglandular, pois envolve não só alterações ginecológicas mas também outras manifestações como resistência à insulina.

E aí o que fazer? Não é aconselhável a mulher persistir com essas irregularidades menstruais. Ela deve inicialmente investigar com seu ginecologista, através de dosagens hormonais e outros exames, o que está ocorrendo. Caso ela não deseje gestação, um dos tratamentos mais utilizados é o uso de anticoncepcionais com substâncias que diminuem a ação dos androgênios, reduzindo assim a acne e a pilosidade excessiva além de regularizar as menstruações. Substâncias que melhoram a ação da insulina ou diuréticos também podem ser usadas. Com essas medicações há uma melhora geral e a auto-estima da mulher fica ainda muito maior.

Caso a mulher esteja querendo engravidar pode ser que ela necessite de um pequeno estímulo com drogas indutoras de ovulação, que podem ser prescritas no consultório mesmo e que apresentam bons resultados. São medicações de fácil uso, com poucos efeitos colaterais e baixo custo. Deve-se sempre ter o acompanhamento do ginecologista, pois alguns efeitos adversos, embora raros, podem ser extremamente graves. Quando o uso dessas medicações mais simples não funcionar, sempre restará o recurso de induções de ovulações mais intensivas, mas igualmente com bons resultados em se obter gravidez.

A Síndrome dos Ovários Policísticos não é um bicho de sete cabeças e é facilmente tratada na maioria das vezes.

Na dúvida, vá ao seu médico.....

Outros Blogs

Não consigo engravidar!

Quando buscar ajuda de um especialista?

Ovários Policísticos ou SOP

Infertilidade masculina: mito ou realidade?

ASPECTOS PSICOLÓGICOS DA INFERTILIDADE

TENHO OVÁRIOS POLICÍSTICOS - POSSO ENGRAVIDAR?

DOAÇÃO DE GAMETAS...... UM ATO DE AMOR !!!

Artigos e Trabalhos Médicos

POWER ICSI